Vamos falar saúde e bem-estar básicos?

Vamos falar saúde e bem-estar básicos?
Sim, começando de baixo, pelo que precisamos consumir todos os dias.
Comida. Água. Nutrição do corpo.

“Alimentação adequada e saudável é um direito humano básico.” (Guia de Alimentar para População Brasileira)

Mas, se é um direito, por que não é assegurado, divulgado e promovido por todos e para todos?

Nutrir-se de forma saudável não é só comer.
Nutrir envolve: se entender como pessoa, entender a sociedade que vive e seus costumes, seu estado mental,
sua localização geográfica e o meio em que se vive.

Na sociedade em que vivemos, ter acesso a alimentação saudável e adequada envolve mais do que
ir ao mercado e comprar.

Está relacionado a:

  • Ter dinheiro para comprar água potável e alimentos;
  • Ter acesso a alimentos saudáveis com preços justos;
  • Saber como conservá-los com segurança;
  • Saber prepará-los;
  • Ingerir com higiene e consciência (emocional)
  • Manter este ciclo ativo e contínuo.

Com esta análise, procuro saber quando nos foi ensinado que alguns alimentos são mais ou menos saudáveis que outros?
Pouquíssimo na escola, eu suponho.

Somos indivíduos que se alimentam de acordo com suas condições financeiras, geográficas, sociais e emocionais.
Vou repetir isso para que entenda: ” Comer é um ato político”. E TODOS terem acesso a alimentação saudável e adequada também.

Só é possivel democratizar este direito com conhecimento e ação. Promovendo saúde, ensinando as pessoas.

Quando crianças, comíamos o que nossos responsáveis ofereciam.
E quantos deles sabiam exatamente o por que aquela alimentação era boa?
Muitos nos alimentaram com o que podiam, com o que tinham e sabiam. Com o que o salário pagava ou como que era doado.

Socialmente, a industrialização e meios comunicação formaram alguns costumes alimentares.
Embalagens atrativas, meios de conservação, processos de alta tecnologia trouxeram a praticidade à mesa.
O preço baixo para consumo de alimentos processados e ultraprocessados.

Progresso?
Não é o que diz a OMS. A saúde da humanidade piorou nos últimos anos com os altíssimos índices de obesidade e diabetes, por exemplo.

Quando compramos alimentos industrializados embalados com uma proposta saudável (ou não), não sabemos a composição e real efeito no organismo.

Esta a apenas uma leve abordagem do processo que iniciamos hoje: Saúde básica. Bem estar por consequência.

Aprenderemos juntos as orientações dos orgãos públicos, democratizando e facilitando a educação alimentar.

Siga a série sobre o GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA e compartilhe com seus amigos e familiares os conceitos de saúde básica.

Mari Mendes
Graduanda Nutrição
Universidade UNIP/SBC
Março/2021

“A REDESS não é responsável pela opinião d@ autor/@. Defendemos a liberdade de ideias e expressão a fim de gerar análises críticas e expansão do conhecimento, sempre com respeito aos nossos valores e diretrizes e dentro da ótica legal.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s